unnamed

Vem aí, o nosso tablet, o TabFácil

Cada vez mais a tecnologia se  faz presente  na vida dos idosos. Em uma pesquisa realizada recentemente foi constatado que, no Brasil, 21% das pessoas acima dos 60 anos possuem acesso a internet. Pensando nisso, a marca brasileira DL decidiu desenvolver o tablet TabFácil, que possue recursos pensados na terceira idade.
Este novo tablet da DL conta com diversas características pensadas para facilitar o uso pelos idosos. Para começar, os ícones são maiores do que o normal, sendo que a tela possui 7,85 polegadas. Ele também dispõe do recurso “Caixa de Remédios”, que permite ao usuário configurar a hora para tomar algum remédio. Também há uma outra função chamada “SOS”, que, ao ser acionada, envia um sinal de emergência para um contato pré-definido. São apenas 8 GB de armazenamento interno, enquanto a memória RAM é de 1 GB. Há também uma câmera traseira com 2 megapixels e uma frontal VGA. O chipset é de modelo não informado com quatro núcleos de processamento, enquanto o Android é o 7.0 Nougat. Um ponto positivo é que há entrada para chip de operadora e microSD de até 32 GB.
O diretor comercial e de marketing da DL, Francisco Hagmeyer Jr., afirma que:
“A DL tem apostado há anos no público da terceira idade, que por muito tempo havia sido esquecido pelo mercado de eletrônicos. O tablet TabFácil chega para ser uma solução que garantirá total praticidade, conforto e independência ao idoso e tranquilidade aos familiares.”
Para os usuários interessados, é preciso esperar mais alguns dias até que a DL disponibilize o TabFácil para compra. Infelizmente, a empresa ainda não confirmou o preço que será cobrado por ele e nem a data na qual o tablet chegará nas lojas do varejo. Dessa forma, tudo o que resta agora é esperar pelo pronunciamento oficial da companhia.

Comentar ()

() Comentários

Sobre mim

Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. Este blog é muito biográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver.


Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.




Siga me