A região abaixo do queixo é a primeira a demonstrar sinais da idade. A explicação para rugas, linhas de expressão e perda da densidade da pele precocemente se dá por se tratar de uma zona com pele naturalmente mais fina, que tem menos glândulas sebáceas e, por isso, mais desidratada.
Mas para o dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o sol e o celular também têm sua grande parcela de culpa no cenário:
“A área do pescoço e colo está exposta à radiação solar de forma frequente, mas não temos o hábito de passar protetor nela. Tudo isso acaba contribuindo para o envelhecimento, com aparecimento de rugas e flacidez. No pescoço também existe o estresse mecânico, quando olhamos muito para baixo; é o que chamamos de tech neck – o pescoço tecnológico. Com o olhar para o tablet e celular, tudo para baixo, a gente acaba formando mais rugas, que são aquelas horizontais chamadas de colares de Vênus.”
Ele ainda completa: “A maneira como as pessoas dormem, as vezes de bruços, de barriga pra baixo e com a cabeça virada de lado, também ajuda na formação dessas rugas horizontais”
Protocolos
Existem dois protocolos em alta no mercado da beleza por trazerem resultados satisfatórios para as queixas de envelhecimento do colo e pescoço; eles são o Legacy e o Picoway:
“O Picoway é um tratamento com laser rápido (com pulsos em picosegundos) que permite rejuvenescimento sem causar efeito térmico na pele do paciente e, também, sem tirá-lo das atividades diárias. Seus resultados são rejuvenescimento da área do pescoço, com melhora da flacidez e das linhas. Já o Legacy é um equipamento que conta com o sistema 4D – uma combinação de pulso magnético, radiofrequência multipolar (de 150W), Varipulse (sucção ajustável para ação profunda) e controle térmico de temperatura. Tudo isso traz alto impacto para promover firmeza e tratar rugas na região do pescoço”, explica Dr. Jardis.
Já para quem quer amenizar sinais da idade de forma manual e relaxante, a novidade é a Masque Collagène.
“É um tratamento de efeito imediato para hidratação profunda, à base de colágeno, que suaviza as marcas de expressão e melhora o tônus da pele do rosto, pescoço e colo. O procedimento acalma as vermelhidões e elimina irritações; além de ser firmador, regenerador e extremamente nutritivo. Na primeira sessão já é possível ver a diferença na cor e na firmeza da área”, explica a esteticista Paula Correr.
Apesar de dar resultados satisfatórios numa única sessão, é importante ressaltar que o protocolo completo envolve três sessões e não elimina a necessidade do cuidado diário da região, através de hidratantes e séruns com propriedades firmadoras.
Passo a passo em casa
Para Jardis Volpe, é possível, com hábitos simples, melhorar ou manter a boa saúde e beleza da pele do pescoço e colo em alguns passos como:
Usar hidratante e protetor solar duas vezes ao dia nesta região;
Verificar a questão de ergonomia no ambiente de trabalho e em casa, para evitar movimentos repetitivos para baixo;
Dormir sempre de barriga para cima ou de lado;
Lavar a área com sabonetes neutros, loções de limpeza à base de ativos calmantes, utilizados para a higiene da face e não do corpo;
Após indicação médica, vitaminas orais também são importantes para atuar conjuntamente com os demais fatores na hora de formar colágeno, ter ação antioxidante e hidratante (de dentro para fora), com fórmulas contendo Exsynutriment, Bio-Arct e FC Oral. Outro ativo muito importante que pode ser usado por via oral é o InCell, que atua na nutrição celular.
Nada de radiofrequência na região
Para a fisioterapeuta dermatofuncional Marina Berti, os cuidados com o pescoço são importantes, mas é necessário ter cautela quando o assunto é radiofrequência:
“A radiofrequência é um tratamento estético que contrai as fibras de colágeno existentes e estimula sua produção. Por ser um procedimento relativamente simples e indolor, tem sido erroneamente propagado e realizado em clínicas sem profissionais que conheçam os riscos. A radiofrequência bipolar, quadripolar ou hexapolar não deve ser usada, em hipótese alguma, sobre a glândula tireoide, pois pode aumentar ou interferir no funcionamento normal da mesma”, alerta.
Legacy
O que é? É um equipamento que conta com o sistema 4D, uma combinação de pulso magnético, radiofrequência multipolar (de 150W), Varipulse (sucção ajustável para ação profunda) e controle térmico de temperatura. Tudo isso traz alto impacto para promover firmeza e tratar rugas na região do pescoço.
Resultados esperados: Melhora da flacidez e rugas.
Duração: Em média, 30 minutos.
Quantidade de sessões: De seis a oito sessões, uma vez por semana.
Contraindicação: Gestantes, doenças de pele e pacientes sensíveis ao calor.
Manutenção: Anual
Valor da sessão: A partir de R$ 600.
Masque Collagène
O que é? Tratamento que engloba higienização e massagem do colo, pescoço e rosto, aplicação de ventosas para melhorar a circulação e oxigenação da pele, esfoliação e, finalizando, aplicação de máscara de colágeno.
Resultados esperados: Pele mais hidratada e firme. Segundo a especialista, o colágeno presente nos cremes aumenta a taxa de proteínas em 41%; enquanto a máscara, por meio de lipossomas, aumenta 87% a taxa de proteínas na pele.
Duração: Uma hora e 15 minutos.
Quantidade de sessões: Três sessões para protocolo completo.
Contraindicação: Alergia aos ativos da máscara de colágeno.
Manutenção: Mensal.
Valor da sessão: R$ 393 para tratamento do rosto, pescoço e colo.
Picoway
O que é? Um tratamento com laser rápido, não ablativo e que mantém a superfície da pele íntegra, o que causa menor desconforto ao paciente. Para estímulo de colágeno.
Resultados esperados: Rejuvenescimento da área do pescoço, com melhora da flacidez e das linhas.
Duração: Em média, 40 minutos.
Quantidade de sessões: Seis sessões com intervalos mensais.
Contraindicação: Pessoas propensas à formação de queloide.
Manutenção: Anual.
Valor da sessão: R$ 2.000, em média.

UOL

Comentar ()

() Comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.


Sobre mim

Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. Este blog é muito biográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver.




Recomendações

Blog Pong