“Não temos nada contra bingo ou carteado”, diz Tom Kamber, antes de explicar por que o visitante não vai encontrar nem um nem outro no centro para idosos que ele administra em Manhattan.

O Senior Planet Exploration Centre garante a diversão de seus frequentadores com óculos de realidade virtual e outras engenhocas digitais. Se bem que, ao chegar ao local, a maioria prefira ir diretamente para a bancada de computadores e acessar o Facebook ou fazer compras online.

Numa sala, um grupo de 15 idosos, alguns deles na casa dos 80, vestidos com roupas esportivas, reúne-se em volta de um professor de ginástica. Há também quem venha fazer cursos que ensinam a começar um negócio próprio, usar smartphones, comprar passagens e fazer reservas em hotéis pela internet e até criar perfis em sites de relacionamentos. “A gente desmistifica a tecnologia e eles botam para quebrar”, diz Kamber.

As empresas fariam bem em observar o que se passa em lugares assim. Vivendo mais, com mais tempo livre e dinheiro no bolso, os idosos de hoje constituem um filão de ouro pouco explorado.

Nos Estados Unidos, segundo projeções da Nielsen, os indivíduos com mais de 50 anos em breve concentrarão 70% da renda disponível. O consumo global em domicílios onde o principal responsável é alguém com mais de 60 anos deve chegar a US$ 15 trilhões até 2020, o dobro do registrado em 2010, prevê a Euromonitor. Grande parte desse dinheiro será gasta com lazer. 

O Estado de São Paulo

Comentar ()

() Comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.


Sobre mim

Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. Este blog é muito biográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver.




Recomendações

Blog Pong