A “night” é Nossa

fevereiro 24, 2016 0 Por Thereza Christina Pereira Jorge
No Kukilgwan Palace, menor de 60 não entra. A casa noturna, localizada em Seul, Coréia do Sul, vem atraindo o público da terceira idade para tardes de diversão e música para o que já representa 13% da população local.De acordo com a Folha de São Paulo, no local, os frequentadores podem fazer novos amigos, se divertir e manter a saúde dançando.

Nos fins de semana, o Kukilgwan Palace chega a receber 1,5 mil pessoas por mil won (cerca de R$ 3,15) por entrada. Mas aqui, o horário é bem mais light que numa boate comum, das 12h às 18h.

Casas como o Kukilgwan surgiram nos anos 90, chamados de Colatecas, por venderem somente refrigerantes como a Coca Cola. Inicialmente eram destinadas aos adolescentes. Mas acabaram por perder espaço neste público para cybercafés e karaokes.

Apesar do sucesso, esse tipo de diversão para idosos ainda é mal vista no país. Alguns até precisam esconder dos filhos que saem para dançar em locais como o Kukilgwan. 

Conteúdo Autorizado UOL