Advinha quem vem te visitar?


Que bom seria nunca se separar dos pets tão queridos, não é verdade?  Só de viajar e não conseguir levar o pet junto, já dá uma dor no coração. 

Foi pensando nisso que Donna Jenkins criou o Programa  Zachary’s Paws for Healing  (Zachary e a cura pelas patas, em tradução livre), em que cachorros, gatos e quaisquer companheiro dos pacientes internados possam visitá-los durante sua estada no hospital. 

A inspiração, na verdade, veio do sobrinho da idealizadora, Zachary, que se encontrava muito doente em função de um câncer sem possibilidades de cura. O moço que, na época tinha 25 anos, de tanta saudade, pediu à tia para rever seu cachorrinho o quanto antes, durante o período em que estava lá, pois não havia meios de sair da internação. 

A família teve que dar um jeitinho para que Chase (nome do amigão) passasse pela UTI e chegasse até a cama do sobrinho, sem que fosse visto ou expulso das dependências médicas.
Contar com o amor de um bichinho comprovadamente melhora o humor e as carências afetivas, o sentimento de tristeza, de depressão e de solidão, principalmente. 

É isso que a experiência no Juravinski Hospital, em Ontário (no Canadá), onde foi implementada, tem mostrado: até os batimentos cardíacos dos pacientes se restabelecem. Além do fato de o animal representar mais um motivo para voltar para casa sadio e curado. 

Obviamente, os pets são bem limpos e esterilizados antes da ida semanal, a fim de que não sejam condutores ou transmissores de mais problemas médicos. 

Durante uma hora ou mais (ninguém fica marcando no relógio), a alegria e o ânimo daqueles que recebem os ilustres visitantes se beneficiam consideravelmente, a ponto deles, inclusive, se esquecerem da razão pela qual estão ali – muito bom, não é mesmo? 

Conteúdo http://www.cenariomt.com.br/

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo