Para incentivar a troca de Informações e experiências entre gerações, surgiu o Encontro Intergeracional da Longevidade. Realizado pela primeira vez no início de agosto, a iniciativa é do Novo D+ Para Ser Velho, projeto da ativista da longevidade Norma Rangel. O próximo encontro será amanhã, dia 27 de agosto, às 19h30. Acompanhe o perfil do Instagram de Norma e veja como participar.

Ativista da Longevidade

A carioca Norma Rangel, que atua na área de marketing e vendas, em São Paulo, descobriu há alguns anos que não ia envelhecer como as gerações anteriores. Para a sociedade, ela era nova d+ para ser velho, e velha demais para ser nova. Com o tempo, tornou-se uma ativista da longevidade e percebeu que essa inquietação com o envelhecer não era só dela.

Os últimos cinco anos foram dedicados à pesquisa e participação em diversos eventos como palestrante e como estudante. Em sua busca para entender as demandas e oportunidades da nova geração de pessoas idosas, Norma optou pelo tema da moradia, área em que desenvolve um projeto de cohousing. (Katia Brito

O primeiro encontro contou com a colaboração especial da @viva.alongevidade, de Alagoas, e de participantes das cidades de São Paulo, Campinas, Santos e também de Minas Gerais. O blog Nova Maturidade apoia a iniciativa. Norma Rangel pretende reunir especialistas, ativistas e interessados na temática do envelhecimento e longevidade.

Encontro Intergeracional da Longevidade

“Os seniores hoje são vistos como vulneráveis. Eu acredito na intergeracionalidade como uma grande ferramenta para atender as demandas e oportunidades da longevidade. É necessário mudar a cultura do envelhecimento. A discussão acadêmica é importante, mas precisamos também de ação, achar caminhos para começar a mudar essa questão cultural”, disse Norma durante o primeiro encontro. Os próximos devem ser quinzenais.

A ativista, que é 60+, costuma dizer que sua geração tem um farol nas costas:  “não sabe para onde vai, mas vai deixar um caminho iluminado para quem vem atrás”. O Encontro Intergeracional da Longevidade pretende chamar a atenção dos jovens por meio da informação e educação para a temática. “Precisamos mudar da cultura do envelhecimento para a cultura da longevidade, promover a revolução da longevidade”, destacou Norma.

novamaturidade.com.br