Brasil Idoso: vagas online e a quebra da Previdência

Serviço on-line agenda emissão de credencial para vagas especiais
Quem tem direito a ocupar vagas especiais nos estacionamentos e ainda não tirou a credencial para ter acesso ao serviço agora deve agendar o atendimento para a emissão da declaração pela internet. O anúncio foi feito pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), na manhã desta quarta-feira (18). O benefício vale para idosos (mais de 60 anos), gestantes e pessoas com deficiência. Antes, a marcação só era feita presencialmente, agora, apenas on-line.
Os interessados devem acessar o site da Prefeitura do Recife, no qual o serviço já se encontra disponível. Outra novidade é que, a partir de agora, além da CTTU, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) também vai emitir o documento. Durante o cadastro, o beneficiário deve optar por receber a declaração na companhia municipal ou nos postos de atendimento do órgão estadual dos shoppings Recife ou Tacaruna.
Ao entrar no site, o idoso deve clicar no banner referente ao credenciamento que está na home page. Em seguida, a pessoa deve escolher se prefere pegar o documento no Detran ou na CTTU, clicando em um dos ícones embaixo dos nomes dos dois órgãos. Depois, ela tem que preencher os dados pessoais, informar o e-mail e escolher o horário em que prefere ser atendida. Por ter direito à Zona Azul, o beneficiário também deve dar informações sobre o veículo que utiliza.
Após o cadastramento via internet, o idoso deve se dirigir ao local onde marcou o atendimento. A CTTU funciona de segunda a sexta-feira, sempre das 8h às 13h. Já o horário de funcionamento dos postos do Detran no Tacaruna e no Recife vai das 9h às 21h, durante a semana, e das 9h às 15h, nos sábados.
A credencial precisa ser renovada a cada dois anos e pode ser utilizada em todo o território nacional. A punição para quem estaciona em vaga especial sem se enquadrar em um dos perfis definidos por lei é a aplicação de multa no valor de R$ 127, além de cinco pontos na carteira de motorista. A partir de novembro deste ano, a infração passa a ser considerada gravíssima e vai custar R$ 293 e sete pontos na habilitação.
.
Conteúdo G1 Pernambuco
Previdência: ou muda, ou quebra
A reforma da Previdência é urgente e tem de alcançar quem já está no mercado de trabalho, infelizmente, porque as contas não fecham. Se a reforma for aplicada apenas a quem ainda não começou a pegar no batente, como querem os sindicalistas, terá efeito a partir de 2056. Tarde demais.
O país gasta por ano, com aposentadorias, perto de 500 bilhões de reais. É mais do que 35% da receita da União. O rombo, em 2016, será de quase 134 bilhões de reais. Em 2017, o buraco chegará a 167 bilhões de reais. E a diferença entre entradas e saídas só faz aumentar.
A situação é agravada com a diminuição da taxa de natalidade e o envelhecimento da população. O fardo dos trabalhadores na ativa ficará insuportável.
Ou se estabelece a idade mínima para aposentadoria, ou a Previdência quebrará e não haverá dinheiro para pagar pensão nenhuma nas mesmas quantias de hoje. O resto é demagogia dessa gente que mama em sindicato para fugir do expediente.
Conteúdo do site O Antagonista, dos jornalistas Mario Sabino e o Diogo Mainardi.
Conteúdo

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo