Congele o rosto para rejuvenescer

Crioterapia. Também conhecida como terapia do frio, a técnica consiste em expor áreas do corpo a baixas temperaturas para tratar inflamações, diminuir inchaços ou dores e até mesmo prevenir hematomas. E agora aplicada ao rejuvenescimento facial tem produzido ótimos resultados.
Provavelmente, sua avó e sua mãe já utilizaram a técnica. Quem nunca ouviu dizer que lavar o rosto com água gelada é bom para a pele ou que ao bater a cabeça o ideal é colocar uma colher de metal para diminuir o inchaço no local da pancada? Pois saiba que essas “simpatias” e “lendas” têm fundamento.
De acordo com a fonoaudióloga Valesca Resende, as mães e avós tinham razão no que diziam. “Por não ser isolante térmico e ser frio, o metal mantém a temperatura fria, retirando o calor do local e, com uma pequena compressão, não permite que o edema se instale no local”, diz.
Devido a seus benefícios, a crioterapia, inicialmente utilizada no tratamento de lesões musculares esportivas – como no caso de jogadores de futebol –, se tornou alvo de estudos científicos e novas utilizações foram descobertas. Ao associar a técnica a treinamentos faciais é possível diminuir linhas de expressão, aumentar o tônus muscular e prevenir o surgimento de rugas sem a necessidade de intervenções cirúrgicas.
A crioterapia é realizada antes do treinamento facial para potencializar a contração do músculo. “Com isso, a paciente consegue sustentar o exercício por mais tempo”, diz a fonoaudióloga.
Da Internet

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo