É Dia (Mundial) de Macarrão

Spaghetti, Penne e Parafuso estão entre a infinidade de cortes deste alimento que é homenageado no dia 25 de outubro
Espaguete com Peixe e AbobrinhaO macarrão é um dos pratos mais versáteis do mundo. A infinidade de cortes (só na Itália são mais de 600 e no Brasil são dezenas), combinada com as possibilidades de molhos e acompanhamentos, faz dele um alimento versátil na cozinha. Para comemorar o Dia Mundial do Macarrão (25 de outubro), a Marca Fortaleza conta a história de seus três cortes mais populares: Spaghetti, Parafuso e Penne.
A história do macarrão se confunde com a evolução da humanidade. Há mais de 6 mil anos, o homem descobriu que podia moer alguns cereais e misturar com água. Desde então, as massas alimentícias tiveram ampla aceitação e a demanda só cresceu.
No Brasil o macarrão veio na bagagem de italianos, que imigraram no início do século XIX. Neste período, intensificou-se a cultura do trigo, foram construídos moinhos e as primeiras fábricas de massas brasileiras foram criadas. Desde então a paixão pelo macarrão só aumentou. Hoje, é um dos alimentos preferidos pelos brasileiros.
Além de saboroso, o macarrão tem grande importância nutricional no cardápio. É fonte de carboidrato, nutriente responsável por fornecer energia para o corpo. “O carboidrato é tão essencial para uma boa alimentação como as vitaminas, proteínas, minerais e fibras”, explica Aretha Magalhães, nutricionista da Equilibrium, consultoria da marca.
Conheça abaixo cada história dos cortes e delicie-se com três receitas 
saborosas.
Massa fresca, seca, curta ou longa? Entenda as diferenças
Spaghetti: Originária da Sicília, a massa era conhecida antes do século XIX como vermicelli, ou vermezinhos. Este nome estranho foi dado devido a sua forma fina e compridaEm 1824, o poeta Antonio Viviani, em seus versos de “Li Maccheroni di Napoli” comparou-a a um picoolo spago, ou um barbantezinho e, rapidamente, a palavra spaghetti se popularizou. O corte é indicado para molhos com tomate, peixes ou à base de óleo.

http://farm4.static.flickr.com/3582/3776930239_d9152f571f.jpgParafuso: Tipo de massa originário entre a Sicília e a Calábria por volta dos séculos XV e XVI, tem forma de espiral. Originalmente era chamado de eliche, como o movimento de uma hélice. Hoje, atende pelo nome pular de fusilli, mas no Brasil, em função do formato, foi rebatizado de parafuso. Ótima opção para acompanhar molhos mais densos como bechamel ou quatro queijos, pois se impregnam no macarrão. Fácil de cozinhar, o parafuso também é ideal para saladas.
http://images.pictureshunt.com/pics/p/penne_noodles-5802.
Penne: Corte desenhado especialmente para acompanhar molhos à base de óleo ou manteiga, com carnes e vegetais, e molhos consistentes cremosos como os de queijo. Uma variação do bucatini, a massa foi batizada com esse nome por relembrar as pontas com que os homens alfabetizados escreviam antes da invenção da caneta. Pode exibir a superfície lisa ou rajadinha.
Como fazer Spaghetti com Peixe e Abobrinha
Espaguete com Peixe e Abobrinha
Ingredientes
1 abobrinha pequena em rodelas finas
2 colheres (sopa) de margarina Amorela light
1 dente de alho picadinho
2 colheres (sopa) de cebola picadinha
5 tomates (sem pele e sementes) em cubinhos
Sal e pimenta-do-reino a gosto
350g de peixe (Saint Peter, Linguado ou outro de sua preferência) em cubos
1 embalagem de creme de leite light (200ml)
½ copo de requeijão light
Cebolinha verde picadinha a gosto
1 embalagem de Spaghetti Fortaleza (500g)
Modo de Preparo:
Passo 1 – Refogue rapidamente a abobrinha na metade da margarina light. Retire e reserve.
Passo 2 – Na mesma frigideira, coloque a margarina restante e refogue o alho e a cebola. Junte os tomates, o sal, a pimenta e refogue um pouco. Acrescente o peixe e cozinhe por 10 minutos. Junte o creme de leite, o requeijão light, a cebolinha e deixe aquecer bem. Junte a abobrinha reservada.
Passo 3 – Em uma panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver. Deixe cozinhar de acordo com o tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida.
Passo 4 – Escorra a massa, acomode em um refratário grande e acrescente o refogado de abobrinha. Sirva a seguir.
Rendimento: 6 porções
Como fazer Parafuso ao Molho de Carne com Rúcula
Parafuso ao Molho de Carne com Rúcula
Ingredientes
1 embalagem de Parafuso Fortaleza (500g)
5 colheres (sopa) de azeite
3 dentes de alho picados
1 cebola picada
500g de miolo de alcatra, em tirinhas
12 tomates maduros, sem pele, sem sementes e picados
100g de ervilhas frescas
100g de champignon picados
1 maço de rúcula
sal e manjericão a gosto
Modo de Preparo:
Passo 1 – Comece preparando o molho de carne. Em uma frigideira média, aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola. Junte o miolo de alcatra e refogue até fritar a carne. Acrescente os tomates, as ervilhas, o champignon, mexa delicadamente e deixe refogar até desmanchar o tomate. Acerte o sal, salpique folinhas de manjericão e reserve.
Passo 2 – Em uma panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que água volte a ferver. Deixe cozinhar por 6 minutos ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida.
Passo 3 – Escorra a massa, acomode em um refratário grande, acrescente o molho de carne e envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes. Acomode por cima as folhas de rúcula e sirva a seguir.
Rendimento: 6 porções
Como fazer Torta Mista de Penne Fortaleza
Torta Mista de Penne Fortaleza
Ingredientes
250g de Penne Sêmola Fortaleza
1 vidro de palmito
1 cebola pequena cortada em cubos
150g de presunto picado em cubos
150g de muçarela picada em cubos
2 colheres de sopa de margarina Puro Sabor
2 colheres de sopa de farinha de trigo Finna
1 xícara de leite
1 colher de sopa de noz moscada
1 caixa de creme de leite
Queijo muçarela ralado a gosto
Modo de fazer:
Passo 1 – Coloque o penne para cozinhar em uma panela. Enquanto isso coloque a margarina para derreter, acrescente a cebola bem picada e mexa durante dois minutos.
Passo 2 – Depois coloque a farinha de trigo, mexa vem e deixe cozinhar. Misture o leite e deixe engrossar. Desligue o fogo e acrescente o creme de leite. Finalize com noz moscada, prove e coloque sal.
Passo 3 – Escorra o macarrão e misture nesse molho branco, acrescentando o presunto, a muçarela e o palmito. Regue um refratário fundo com azeite e coloque o macarrão. Cubra com queijo muçarela ralado e asse a 180ºC por cerca de 15 minutos.
Conteúdo: Aretha Magalhães, nutricionista da Equilibrium, consultoria da Marca Fortaleza. 

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo