Freebird Club: viaje, hospede-se de graça. E faça amigos

Certamente você já ouviu dizer que ser millennial significa, entre outras coisas, compartilhar o consumo. Os millennials procuram dividir seu impacto no meio ambiente e serviços para torná-los mais acessíveis e sustentáveis. O Airbnb e o Uber são bons exemplos de negócios que tiverem sucesso graças ao modo de pensar dessa geração mais nova.

No entanto, não são só os jovens que têm se beneficiado. Inspirado no Airbnb o Freebird Club é um aplicativo para que idosos disponibilizem seus quartos para outras pessoas de idade semelhante que estão viajando.

O clube foi fundado pelo irlandês Peter Mangan. A ideia surgiu quando o pai de Peter alugou um quarto vago para outro avô que estava de passagem. O pai dele ficou tão feliz com a experiência que ele resolveu criar um aplicativo que possibilitasse abranger esta vivência para outras famílias.

O Freebird se parece muito com o Airbnb, mas com algumas pequenas particularidades. Diferentemente do Airbnb, para se tornar membro é necessário pagar uma pequena taxa. As únicas exigências do aplicativo são ter mais de 55 anos e estar interessado em conexões sociais e boas conversas.
Veja acima o vídeo que Peter explica como o Freebrid funciona. Está em inglês mas lendo esta postagem, você entenderá do que se trata.

Conteúdo http://adnews.com.br

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo