Já para a Sala de Aula!

O fenômeno das universidades abertas à terceira idade no Brasil não é mais restrito aos grandes centros. Por exemplo: Embu das Artes, município paulista, também anuncia suas inscrições. 


Estão abertas as inscrições para a turma 2016 do da Universidade Aberta a Terceira Idade (UATI), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em parceria com a Prefeitura de Embu das Artes. 

O curso Envelhecimento Ativo: Processo de Desenvolvimento e Criatividade é voltado para pessoas a partir de 50 anos ou pessoas que trabalham/convivem com a terceira idade. As inscrições vão até 18 de abril.

O curso de extensão visa oferecer subsídios para a análise do processo de envelhecimento humano individual e populacional e a sua relação com a saúde e demais áreas sociais. Contribuindo para a garantia dos direitos, qualidade de vida e bem-estar dos idosos. Essa será a quinta turma do curso em Embu das Artes. Em 2015, 23 pessoas se formaram.
As aulas serão ministradas às segundas-feiras, das 14 às 17h, no Campus de Extensão Unifesp Embu das Artes, localizado na Escola Municipal Valdelice Prass (Avenida Aimará, s/nº, Parque Pirajuçara), sob a coordenação da professora Odete de Oliveira Monteiro. 

Ao todo serão 30 encontros, divididos em aulas teóricas e praticas onde os participantes terão liberdade para serem autores das reflexões que se desenvolverão, enriquecendo as aulas com as suas próprias vivências e experiências adquiridas ao logo de suas vidas.


Grande Oferta

Pessoas com mais de 50 anos tem recebido uma série de ofertas de cursos da chamada “universidade aberta para a terceira idade”. Tratam-se de cursos de atualização, geralmente ligados a alguma universidade, e que não exigem provas para ingressar, como o vestibular, nem a apresentação de diploma de primeiro ou segundo grau.

Até pouco tempo apenas as instituições universitárias de grande porte, localizadas nas capitais, desenvolviam atividades para os idosos. A USP, Unicamp, Unifesp em São Paulo, a Uerj no Rio de Janeiro, aliás a pioneira nessa área. 

A Universidade da Terceira Idade da UERJ funciona há 30 anos. O seu  campus avançado em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas em Manaus, é um dos centros mais ativos na abertura de vagas,  atualmente. Esse ano, estão sendo oferecidas 2,5 mil, o que é surpreendente em matéria de educação brasileira. 

Thereza Christina Jorge

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo