Partiu Canadá


Característica comum em países desenvolvidos, a terceira idade já corresponde a uma fatia de cerca de 16% dos habitantes do Canadá. 

No país existem cursos específicos voltados para a formação de especialistas em cuidados com a saúde e paliativos. A Pacific Coast Community College, por exemplo, oferece o Acute Care Aide Diploma, um curso de 64 semanas que prevê 600 horas de trabalho remunerado, que forma os chamados “health care assistant”. 
Como a possibilidade de efetivação é grande, a área tem chamado muito a atenção dos brasileiros interessados em imigrar para o país. 

A Canada Intercâmbio, agência de educação focada no eixo Brasil-Canadá, é uma empresa regulamentada pelo governo canadense para promover o intercâmbio para brasileiros.

O maior obstáculo é mesmo o investimento. O curso da Canada Intercâmbio custa 18,5 mil dólares (cerca de R$ 54 mil), e inclui passagens, um mês de estadia com duas refeições diárias, além das aulas teóricas. Após dois anos ou 3900 horas de serviço, o cuidador será qualificado para aplicar para um visto de trabalho aberto, que permite trabalhar em qualquer área e residência permanente. 

Em Toronto, pelo menos 8 mil pessoas (de vários países) migram todos os anos para atuar como cuidadores de idosos e de crianças. O salário médio é de pelo menos 2 mil dólares canadenses por mês (R$ 5,9 mil).

Conteúdo compacto do site ZHEmpregos

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo