Petisco para o Frio

Estas iscas de frango são um excelente acompanhamento ou petisco. E o melhor, que vai lhe permitir comer sem culpa, elas são empanadas com o biscoito Cream Cracker Fortaleza e não leva ovo, leite e farinha de rosca. Também é assada, em vez de frita. É muito prática e muito saborosa.
Veja a receita completa abaixo.
Como fazer Iscas Crocantes de Frango
Ingredientes
3 filés de peito de frango
2 pacotes de Cream Cracker Fortaleza
3 dentes de alho
2 colheres de sopa de mostarda
1 colher de sopa de mel
2 colheres de sopa de molho de soja (shoyu)
2 colheres de sopa de sumo de laranja
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Modo de preparo:
– Abra os filés de peito ao meio e, em seguida, corte iscas da largura de um dedo. Com as mãos, quebre e esmigalhe todo o cream cracker e reserve-o. A ideia é que não fique uma farofa muito fina. Com os demais ingredientes, faça uma marinada e envolva todas as iscas. Deixe-a descansar por 2 horas.
– Retire o frango da marinada e passe-o pela farofa de cream cracker, apertando-o com as mãos, para que forme uma crosta. Arrume as iscas, lado a lado, em uma assadeira e leve-as ao forno preaquecido a 220ºC até que estejam douradas. Pronto!

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo