Quase 900 cópias do e-book “Brasil Idoso, uma reportagem em 21 capítulos”

O e-book ‘Brasil Idoso, uma reportagem em 21 capítulos’ mostra o que é o envelhecimento ativo, fundamental para a presente geração de extensa longevidade e lembra a frase de Rita Lee que, quando se deu por idosa, reclamou: “ninguém me ensinou a envelhecer.” Esta frase é a pauta dos 21 capítulos do  e-book. O que é o processo do envelhecimento, o envelhecimento do brasileiro, desafios e propostas para vencê-los. Há, ainda, um pequeno vocabulário com principais conceitos. Como o dos Conselhos Municipal e Estadual do Idoso. Eles pressionariam as autoridades na implementação do Estatuto do Idoso. Você participa deles?

Em três meses, foram copiados do link http://bit.ly/brasil_idoso cerca de 800 livros.  A  principal demanda vem do Facebook, depois e-mails e Instagram. Pedidos por leitores também nos Estados Unidos, Irlanda e cinco outros países. Foram enviados até hoje (06.01.20) pelo e-mail [email protected], 22 cópias. E para divulgacão, distribuídos 50 exemplares. No total, quase 900 e-books.

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

4 comentários em “Quase 900 cópias do e-book “Brasil Idoso, uma reportagem em 21 capítulos”

  1. Tudo que for feito em prol da geração prateada tem que ser aumentado e aprimorado, pois envelhecer é reaprender a viver.
    Num mundo diferenciado em ferramentas e pensamentos, nós, eu aos quase 82, vivenciei o passar dos anos e sinto o quanto é preciso investir neste capital humano – O Idoso – para que ele continue como ser pensante e atuante se sentindo como membro integrante desta sociedade para a qual ele deu os melhores anos de sua vida.
    Nunca temi o novo, fui educadora, bancária, coralista, cordelista, atriz e outras coisitas mais chego a fazer, mas sinto ser imperativo se contar com Políticas Públicas, cumprir o Estatuto do Idoso e que nossos governantes lancem um novo olhar para este novo protagonista de cabelos brancos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo