Vidas Idosas Importam?

Autor(a):

 

O Vidas Idosas Importam já reuniu mais de 12 mil voluntários no país desde que começou a atuar e já ajudou aproximadamente oito mil idosos até agora.Atento às necessidades de pessoas idosas, principalmente pelo cuidado maior durante a pandemia da covid-19, um grupo de pesquisadores e ativistas da saúde criou um projeto social que auxilia o pessoal da boa idade.

O Vidas Idosas Importam monitora e mapeia demandas e as encaminha a parceiros que podem ajudar. Idoso precisa de consulta? É encaminhado a médicos parceiros. Precisa de prótese ou órtese? Empresas parceiras. Fraldas? O projeto consegue doações. A mais nova ação é buscar conscientizar as famílias para que não deixem os idosos sem vacinação contra a covid-19.

Para entrar em contato com o projeto, basta acessar a página no Instagram. Por este canal é possível se oferecer como um voluntário e também entrar em contato para pedir auxílio para um idoso da família ou para um grupo de idosos de alguma instituição.

Para reconhecer trabalhos e incentivar ações que possam ajudar os idosos, o projeto criou o Selo de Direitos Humanos da Pessoa Idosa. Sara Sales, coordenadora Relações Institucionais do Vidas Idosas Importam, explicou a Ecoa que existem duas menções honrosas. “Nós fizemos duas formas de reconhecer essas ações: a primeira é um selo, pessoas e instituições são contempladas pelo trabalho que realizam com as pessoas idosas. O segundo é um certificado de ativista”, diz. “Eu falo sempre que trabalhar com pessoas idosas é apaixonante. Isso é um privilégio. Estar com a pessoa idosa e propor melhoria na vida dessa pessoa é muito gratificante”, destaca Sara.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *