Arroz engorda Mesmo?


No livro Nada Muito – Comer e Viver com Saúde e Prazer, publicado pela Editora Rocco, uma longa entrevista que fizemos com o médico nutrologista João Curvo, há uma pergunta a ele, à primeira vista podendo parecer prosaica, mas que é significativa. O tema dela é o arroz. Um alimento que faz parte importante, na maioria das vezes como acompanhamento, da mesa do brasileiro.

Diz-se que brasileiro pode, até, atualmente, viver sem o cafezinho. Mas não sem arroz. Não esqueçamos, porém, que o arroz contém um problema: ele engorda…
Arroz integral ou branco: qual a melhor  escolha? Perguntei ao Dr. Curvo, no Nada Muito.
E ele respondeu: ”Sempre que puder, opte por produtos integrais – farinhas, pães, arroz, cereais. Eles têm mais nutrientes na forma de vitaminas, fibras, minerais e aminoácidos.”
Em seguida João Curvo se estendeu mais sobre esta mesma questão, no livro.
Perguntei também: E arroz engorda mesmo sendo consumido sem acompanhamentos?
Curvo: ”Só comer arroz pode não engordar. Dez colheres de sopa de arroz têm em média 350 calorias, o que corresponde às calorias de uma refeição usual numa dieta

balanceada.”

No entanto, ele faz uma ressalva que é esta: comer apenas um alimento em uma refeição – a monodieta – não é uma prática ideal.

Portanto, um bom apetite, esta semana. Mas com  ou sem arroz na mesa?

Léa Maria

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected]com.br Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo