Bolo de Requeijão by Tirolez, receita para Chef

Que tal comemorar a chegada da Primavera (22 de setembro) com uma sobremesa cheia de cor e sabor? A chef patissier Fernanda Rosset criou para a Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País, um delicioso Bolo de Requeijão Cremoso e Mirtilos.
A receita é simples, não requer muitos ingredientes e o tempo de preparo é bem rápido. “Escolhi o requeijão por ser um queijo presente no dia a dia dos brasileiros e que também pode ser utilizado em pratos deliciosos e sofisticados”, explica Fernanda. Na receita, a cremosidade do requeijão contrasta com o sabor azedinho dos mirtilos, frutinha também conhecida como blueberry, que tem o seu melhor período de colheita no Brasil justamente nos meses de setembro e outubro.
Formada pelo International Culinary Center, de Nova York (EUA), a jovem chef, de apenas 29 anos, estagiou em algumas das mais sofisticadas cozinhas do País, como os restaurantes D.O.M e A Bela Sintra. Mas acabou se apaixonando mesmo pela arte da doçaria. Em 2011 fundou, com mais duas sócias, a charmosa Pâtissier Le Jardin Secret, em São Paulo, onde foi responsável pelo desenvolvimento do menu e produções da cozinha, como bolos, doces e sobremesas. Hoje Fernanda Rosset atua em carreira solo, na empresa que leva seu nome, dedicando-se a eventos sociais e corporativos.
O requeijão é um queijo cremoso tipicamente brasileiro, produzido a partir de leite de vaca. A Tirolez oferece o produto nas versões em copo de 200g (tradicional, light e fonte de fibras light) e para uso culinário, em embalagem pouch de 250g (tradicional ou light) ou 400 g (tradicional). O Requeijão Cremoso Pouch Culinário Tirolez é ideal para ser utilizado em receitas, principalmente nas que vão ao forno, pois sua consistência mais firme é mantida mesmo quando aquecida.
Bolo Requeijão Cremoso Tirolez e Mirtilos
Final_1
Ingredientes:
Para o Bolo
– 1/2 xícara de manteiga sem sal Tirolez
– 1 1/4 de xícara de açúcar
– 2 ovos
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 1 colher de chá de bicarbonato de sódio (ou a mesma quantidade de fermento em pó químico)
– 1 colher de chá de sal
– 3/4 de xícara de leite
– 1/4 de xícara de água
– 1 xícara de Requeijão Cremoso Pouch Culinário Tirolez
– 2 xícaras de mirtilos
Para a farofa
– 2 colheres de sopa de manteiga sem sal Tirolez
– 1/2 xícara de farinha de trigo
– 1/2 xícara de açúcar
– Raspas de 1 limão
Como preparar:
Para o Bolo
Passo 1 – Bata a manteiga em temperatura ambiente com o açúcar até obter uma mistura clara;
Passo 2 – Adicione os ovos um de cada vez batendo bem;
Passo 3 – Em um recipiente separe a farinha de trigo, o bicarbonato de sódio e o sal. Em outro, separe o leite e a água;
Passo 4 – Adicione a mistura da manteiga na batedeira os ingredientes secos intercalando com os líquidos, batendo sempre em velocidade baixa e só até incorporar;
Passo 5 – Por fim adicione os mirtilos e o Requeijão Cremoso Tirolez mexendo com a mão apenas para distribuir na massa.
Para a Farofa:
Passo 1 – Bata a manteiga com o açúcar;
Passo 2 – Adicione a farinha de trigo e as raspas de limão até obter uma farinha sequinha.
Para a montagem:
Passo 1 – Unte uma assadeira de fundo removível com manteiga e farinha de trigo;
Passo 2 – Adicione a mistura do bolo;
Passo 3 – Adicione a mistura da farofa;
Passo 4 – Asse por 1h no forno em 180º até espetar um palitinho e ele sair limpo. Lembre–se de que temos requeijão no bolo, então ele vai se manter úmido. Verifique apenas se a massa está assada e desenforme.
Rendimento:
12 porções
Tempo de preparo:
30min de preparo + 1h forno

Tirolez

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo