Constanza Pascolato: um prato de estilo




O que fascina Costanza Pascolato é o novo. A empresária foge do comum em tudo o que faz, inclusive em sua nova aventura no mundo da decoração. Em entrevista exclusiva à Casa e Jardim, ela conta como receber bem e define o que é uma decoração elegante.

Aos 76 anos, a empresária e consultora de moda Costanza Pascolato achou que já tinha feito de tudo, mas não era bem assim. A Copa&Cia convidou a papisa da moda para assinar oito coleções de pratos artesanais. E esse era um desafio novo na vida da italiana que ama o Brasil.

O amor por nosso país é tanto que foi essa a inspiração para as estampas das peças de porcelana. “Eu queria que tivesse a cara do Brasil e falasse da cultura brasileira”, contou. Outro objetivo na hora de criar as peças era fugir do estilo barroco comum aos objetos que preenchem nossa mesa de jantar.

As duas primeiras coleções foram lançadas em agosto. Uma inspirada em azulejos coloniais que faz referência ao início do Brasil e a segunda sobre natureza. “Foi o que mais me impressionou quando eu cheguei aqui”, explica Costanza. “Eu tinha cinco anos e nunca vou esquecer. A gente chegou de navio ao Rio de Janeiro. Eram cinco horas da manhã. Nós fomos para o convés. E a primeira coisa que me deixou muito impressionada foi o verde”, finaliza. E o que está por vir nas próximas linhas? Muita brasilidade. Foi só o que conseguimos descobrir. O mistério faz parte do charme da consultora de moda.


Receber com charme

Costanza se autodefine como uma pessoa curiosa. E é essa curiosidade aguçada que a permite observar tão atentamente o comportamento brasileiro. Em um de seus livros, “O Essencial”, publicado em 1999 e reeditado em 2013, ela fala sobre o hábito de guardar as melhores louças para receber os convidados. Ela não concorda com essa postura. Quando abordamos o tema, o conselho é para usarmos todos os dias o que temos de melhor em casa. “Comer é um rito. Na tradição italiana, a mesa é lugar de comunhão. Deveríamos fazer questão de parar para comer, mesmo na correria. É importante ter esse hábito”.




Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo