Dicas pra comprar barato na Internet


Grandes sites de comércio eletrônico no Brasil já conseguem coletar dados de consumidores para oferecer descontos direcionados a cada perfil.
Como resultado, os preços no comércio virtual podem mudar ao longo do dia, ou de acordo com a região e o dispositivo utilizado na compra para seguir diferentes estratégias comerciais. 
Nesse cenário, como saber se a compra é um bom negócio de fato? 

1) Use mais de um dispositivo na pesquisa de preços.
“Como já foi constatado que há maior probabilidade de uma compra ser concluída pelo celular, os varejistas podem ter estratégias mais agressivas de preços neste canal, que são mais vantajosas para o consumidor”, diz Thiago Sarraf, CEO da consultoria Dr. E-commerce. 

2) Navegue de forma anônima.
Os sites conseguem saber em qual região o consumidor está acessando o site baseado no endereço IP do computador. “Com essa informação, eles podem oferecer preços mais baixos para consumidores localizados em cidades nas quais a empresa possui um centro de distribuição ou paga menos impostos”, diz Pedro Guasti, diretor de relações institucionais do Buscapé.
3) Faça login nos sites.
Se um site de comércio eletrônico permite que você faça um cadastro para ter acesso ao seu histórico de compras, aceite: geralmente, com acesso livre a informações sobre compras anteriores, haverá um maior esforço do site em fidelizar o consumidor. 

4) Pesquise cupons antes de concluir a compra.
Ainda que sejam mais comuns nos Estados Unidos, sites especializados na oferta de cupons de desconto já estão se espalhando pelo Brasil e podem ser uma boa fonte de consulta para saber qual loja está, de fato, oferecendo um preço atraente. 

5) Utilize sites de monitoramento de preços.
Buscapé, Bizoo e Baixou são algumas opções de sites que monitoram preços de lojas virtuais e alertam os consumidores caso os valores diminuam.

6) Use comparadores.
Acessar um site por meio de um comparador de preços pode ser uma forma de obter um desconto de forma instantânea. Não é obrigatório, mas alguns sites oferecem 5% de desconto para consumidores que clicaram no site por meio do comparador. 

Compacto de conteúdo Exame Dinheiro

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo