Dra. aos 91 anos


Uma francesa de 91 anos se tornou no dia 15 de março a pessoa mais velha a obter doutorado na França, após se dedicar três décadas a sua tese. Colette Bourlier recebeu ainda menção honrosa pela banca de avaliação da Universidade de Franche-Comté, em Besancon, no leste do país.

“Demorou um pouco para escrever porque fiz pausas”, contou Bourlier em entrevista à Agência France-Presse.

A tese da francesa, intitulada “Trabalhadores imigrantes em Besancon na segunda metade do século 20”, se baseou na sua própria experiência como professora de literatura em programas destinados a imigrantes.

O interesse de Bourlier pelo doutorado começou em 1983, ano em que se aposentou. Geralmente, uma pessoa termina o doutorado na França em cerca de três anos. Mas, segundo o professor Serge Ormaux, a francesa foi uma estudante “extremamente atípica”.

“Ela é provavelmente a única pessoa que conheço que sabe todos os aspectos nos mínimos detalhes e que foi capaz de amarrar tudo. Ela embasou sua pesquisa com análises estatísticas”, disse também à Agência France-Presse.
Enviada por Helen Morais, de São Paulo

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo