Economia Colaborativa, a vez da Terceira Idade

 

economia-compartilhada_mamaeverde2

 

Consumo colaborativo e economia colaborativa, segundo a Wikipédia, é uma nova prática comercial que possibilita o acesso a bens e serviços sem que haja necessariamente aquisição de um produto ou troca monetária entre as partes envolvidas neste processo. Compartilhar, emprestar, alugar e trocar substituem o verbo comprar no consumo colaborativo.A aposentadoria, para muitos, não se resume mais a um período de ócio improdutivo. Por meio do contato com conceitos como a economia compartilhada, o público da terceira idade está aproveitando o tempo livre para aumentar a renda do mês, recebendo turistas em suas próprias casas.
O “Pequenas Empresas & Grandes Negócios” entrevistou Vera Alfaya, moradora de um charmoso bairro de São Paulo que, com os filhos crescidos e a casa vazia, aluga quartos para hóspedes de todos os cantos do Brasil e do mundo. Com uma diária entre R$ 100 e R$ 120, os visitantes têm direito a café da manhã e a garantia de uma boa conversa e até companhia para passeios na cidade.
Outra reportagem destacou mais uma novidade para a terceira idade. João Victor, um jovem empresário paulistano, idealizou um relógio de emergência para os idosos. Funciona assim: em caso de necessidade, com apenas um toque, o acessório aciona uma central, que imediatamente liga para o celular de cinco pessoas da família.
Também em São Paulo, uma designer decidiu realizar o sonho da filha de se tornar uma sereia. Para isso, criou uma fábrica de caudas de sereias que podem, inclusive, serem usadas dentro da água. O desafio de Luana Schrappe foi desenvolver um protótipo que atendesse à necessidade da filha e, ao mesmo tempo, garantisse a segurança dela. Superando todas as expectativas, o item não só encantou as crianças, como também mulheres adultas e as vendas estão se expandindo para todo o país.
No quadro ‘Vc no PEGN’, o designer Caio Biando contou como criou um filtro simples para usar em aquários, feito com PVC e uma lâmpada especial. Pela enorme diferença do preço em comparação com os vendidos no mercado, o produto atraiu um grande público e incentivou Caio a montar uma empresa especializada no equipamento.
• Conteúdo do PEGN TV, programa da Rede Globo, O ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ que vai ao ar todos os domingos pela manhã, logo após o ‘Antena Paulista’, em São Paulo, e após o ‘Globo Comunidade’, no restante do Brasil.

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo