Ele rejuvenesceu no Espaço

0813d4acc0caced44a82122575d3ffe3-783x450

 

Viver no espaço reverteu envelhecimento de astronauta Scott Kelly

Scott Kelly, que esteve no Espaço durante praticamente um ano, viu mudanças no seu corpo que parecem reverter um dos principais processos de envelhecimento, sugere uma nova investigação.

De acordo com a nova investigação da NASA, o astronauta Scott Kelly, depois de estar quase um ano a viver no Espaço, mostrou algumas mudanças nos processos internos do seu corpo que indicam um retrocesso do envelhecimento, conta o The Independent.

O astronauta, que trabalhou na Estação Espacial Internacional 340 dias entre 2015 e 2016, tem um irmão gémeo, Mark, que também já foi astronauta. Por isso, a equipa da NASA aproveitou para fazer uma experiência e controlar as diferenças no corpo dos dois. Os resultados surpreenderam os investigadores, escreve o jornal britânico.

No caso de Scott, o astronauta tinha os telómeros mais largos do que o seu irmão, mesmo estando todo este tempo a viver no Espaço.

Os telómeros, estruturas dos cromossomas que ajudam na reparação de ADN danificado, ficam mais curtos à medida que as pessoas envelhecem, diminuindo a sua eficácia e aumentando o risco de ter cancro.

“Aconteceu exatamente o oposto do que pensávamos que ia acontecer”, disse a investigadora Susan Bailey à revista Nature. Posteriormente, quando voltou à Terra, os telómeros de Scott começaram outra vez a diminuir, tal como é suposto.

Agora, os cientistas estão a fazer uma nova investigação com dez astronautas para tentar perceber exatamente o que aconteceu. No entanto, não estão seguros de que o “rejuvenescimento” de Scott esteja relacionada com a sua aventura no Espaço.

Os investigadores estão a pôr a hipótese de que esta mudança pode estar apenas relacionada com o facto de o astronauta ter feito mais exercício e até por ter ingerido menos calorias durante a missão espacial.

Do site português ZAP

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo