Jovens também têm osteoporose. Desmistifique essa doença

Depois de ler este excelente artigo do site JPNews, de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, percebi que não sabia nada sobre a osteoporose. Aprendi com ele.

img_1981

A maioria das pessoas ainda liga a osteoporose a uma doença típica e comum apenas nas pessoas idosas ou que é ocasionada em função da diminuição do cálcio no organismo. Mas, o ortopedista e especialista no assunto, Alexandre Marques, explica que ambas as versões não são verdades absolutas. Ele pontua que a osteoporose é uma doença metabólica que surge devido a uma rarefação do osso, o que, segundo ele, é uma consequência natural da idade. “A osteoporose é uma alteração nessa remodelação óssea. A gente tem um trabalho de equilíbrio entre a formação e a reabsorção da estrutura óssea do nosso organismo. Quando acontece uma alteração, seja na formação do osso ou no aumento da absorção do osso velho, a gente acaba fazendo uma alteração nesta balança e leva ao que na medicina se condicionou chamar de rarefação”, explica.

O especialista reforça que a dose diária ideal de cálcio que o organismo deve absorver é de aproximadamente 1200 miligramas e vitamina D maior que 30mg/ml de sangue. Nosso corpo consegue essa quantidade através dos alimentos que consumimos diariamente. Sendo importante dizer que a vitamina D, também conhecida por calciferol, é obtida através da ingestão de alimentos e também através da transformação do colesterol pelas radiações solares, estando relacionado à absorção do cálcio e fósforo no intestino. Lembrando ainda que para efetivar a absorção de vitamina D é necessário que o indíviduo exponha-se ao sol pelo menos 15 minutos em dias alternados. “Na ausência desta vitamina, a gente acaba tendo uma alteração na reabsorção do cálcio e isso levaria a ter que tirar cálcio contido nos nossos ossos, o que acaba levando ao enfraquecimento, gerando o que conhecemos como osteoporose. Mas não é essa a única causa da osteoporose. Por se tratar de uma doença metabólica, várias podem ser as causas”, lembrou. O especialista destacou que vários problemas podem ocasionar a alteração na formação de osso novo e reabsorção de osso antigo. Uma das causas pode estar relacionadas, segundo ele, ao uso de determinadas medicações.

https://www.jpnews.com.br/grupo-rcn/revista-se7e/desmistificando-a-osteoporose/104315/

 

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo