Kalache ao ZH: “Envelhecer sem saúde é um prêmio envenenado”

O jornal digital Zero Hora publica uma edição muito boa. Especial 60+ está acessível. É só clicar

https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/noticia/2019/10/alexandre-kalache-envelhecer-sem-saude-e-um-premio-envenenado-ck1b84ydn02ta01n3farbm0pm.html

Aqui, uma “degustacão” da edição 

“Um dos maiores especialistas em envelhecimento no mundo, o médico carioca Alexandre Kalache dirigiu o programa global de envelhecimento da Organização Mundial da Saúde, da ONU, e em 2012, fundou Centro Internacional da Longevidade Brasil. Nesta entrevista, ele aponta as grandes preocupações, como a saúde, a necessidade de uma educação continuada e a falta de preparo dos profissionais de todas as áreas para bem atender o público grisalho.

O Brasil está preparado para esta transição?
Não. E é muito preocupante, porque não se vê políticas públicas, em todos os níveis. De certa forma, estamos até andando para trás. Saúde é primordial. Envelhecer sem saúde é um prêmio envenenado. O SUS, que já estava mal das pernas, está pior. Todos os dias têm manchetes de jornal mostrando que idosos estão morrendo na fila, esperando diagnóstico, um exame, às vezes meses a fio. Medicamentos em falta. E não estamos falando dos mais miseráveis, mas dos mais de 80% dos idosos do país, que dependem do SUS. Cada vez temos idosos que param de pagar planos de saúde, por não ter condições, e vão competir por recursos cada vez mais escassos.”

ESPECIAL 60+

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo