Uma análise feita por investigadores da Universidade Tufts, nos EUA, não conseguiu encontrar ligações entre o consumo de manteiga e doenças cardiovasculares. E aleluia para isso – a histeria contra a manteiga pode finalmente acabar.
 
Há anos que dizem para reduzir a quantidade de manteiga na nossa dieta. As orientações de saúde, muitas que vêm dos anos 1970, alertam para os perigos de comer alimentos ricos em gorduras saturadas, dizendo – e frequentemente sem mérito – que contribuem para problemas cardíacos e outras questões de saúde. Cada vez mais, no entanto, cientistas estão a aprender que gorduras saturadas não são representam tanto perigo. 
Um novo estudo publicado no PLOS ONE agora reforça essa mudança de opinião, mostrando que não há ligação entre a manteiga e doenças crônicas. Essa análise gigantesca – um meta-estudo que incluiu 636.151 pessoas de 15 países, e acompanhou 6,5 milhões de pessoas – não mostrou associação entre o consumo de manteiga e doenças cardiovasculares.
O que os pesquisadores encontraram, na verdade, foi que a manteiga pode estar ligada à diminuição – sim, diminuição – nas probabilidades de uma pessoa desenvolver diabetes. Cada colher de sopa diária de manteiga estava envolvida numa diminuição de 4% do risco de diabetes.
No entanto, os cientistas encontraram ligações entre a manteiga e a mortalidade geral. Para cada colher de sopa de manteiga consumida diariamente, os cientistas observaram um aumento de 1% no risco de mortalidade geral, ou seja, a morte causada por qualquer coisa. Eles suspeitam que essa conexão acontece por outros motivos. Pessoas que comem manteiga, por exemplo, tendem a ter dietas e estilos de vida geralmente menos saudáveis.
 Então isso significa que se pode consumir manteiga sem restrições? Não é bem assim. O estudo só mostra que a manteiga não é completamente má. Não quer dizer que deva ser considerada um alimento saudável. Como disseram os pesquisadores, a manteiga é um alimento meio-termo. Como acontece na maior parte das vezes, o problema está na comida em que colocamos a manteiga.

 

Conteúdo Diário Digital


Comentar ()

() Comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.


Sobre mim

Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. Este blog é muito biográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver.