Não sou “plus size” mas sou idosa

Sou solidária com Marcia Saad, ela conseguiu a façanha de ser elegante sendo gordinha. Esse mercado cresce todo dia. Eu, uma idosa (um clássico como Chanel) não tenho fashion para idosas tipo “o clássico”. Por incrível que pareça minha filha Mariana, a Dra. Mariana, é que vai na butique que ela acha que a roupa parece comigo e compra. A última compra foi na promoção da chiquetézima MaryZaide. Ela praticamente renovou meu guarda com sua generosidade e amor. Publico esta postagem para um “dernier cri” aos estilistas: não quero ser fashionless (brincadeira com a palavra homeless, sem-teto em português). Fashionless = fora de moda

A relação da paulistana Marcia Saad, 43 anos, com a moda é antiga. Vaidosa, Marcia se aproximou da moda novamente quando o mercado plus size começou a despontar e ela passou a acompanhar as novidades como consumidora. Um dia, porém, uma profissional do ramo fashion a viu em uma rede social, deu algumas dicas e fez conexões. Pouco mais de uma semana depois ela estava fotografando o seu primeiro editorial de moda e não parou mais. “Na época eu já era uma mulher que vestia 48, mas era segura. Eu m aceitava e me sentia bem”, diz ela, mãe de dois filhos. Hoje é uma modelo muito solicitada. Não falta trabalho, nem … autoestima!
Thereza Christina Jorge, editora do Viva com Beleza


Informações retiradas da revista Manequim Online 

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo