O livro “Mortais” trata de uma medicina do que realmente importa,  do final. A corajosa narrativa de um médico que reconhece os limites da ciência e sabe de que modo ela pode nos proporcionar não apenas uma boa vida, mas também um bom fim.

A medicina triunfou, transformou os perigos do parto, dos ferimentos e das doenças, antes atormentadores, em algo controlável. No entanto, no que diz respeito às inescapáveis realidades do envelhecimento e da morte, o que ela faz muitas vezes se contrapõe ao que deveria fazer.

Quando falam sobre a perspectiva da morte, médicos recorrem a falsas esperanças e a tratamentos que encurtam a vida em vez de trazer conforto. Por meio de uma pesquisa reveladora e de histórias comoventes tanto de pacientes quanto da própria família, Gawande revela suas limitações. De maneira provocadora e honesta, Mortais reflete sobre o caminho que devemos percorrer para lidar sabiamente com a nossa própria finitude.

Mortais

Atul Gawande, 52 anos, cirurgião e professor da Harvard Medical School,

Editora: Objetiva

Tradução: Renata Telles

Comportamento, Autoajuda e Saúde

ISBN: 9788539006748

Lançamento: 03/06/2015

Formato: 16 x 23

264 páginas

Preço: a partir de R$ 26,60 (Saraiva) – a conferir

PS: li o livro e fiquei apaixonada pelo tema, pela qualidade do texto, sua densidade e  literatura. E também pela coragem do Dr. Gawande. Que ser humano! Que médico! E um detalhe:  livro me fez  amar ainda mais a vida… Thereza Christina Jorge, editora

Comentar ()

() Comentários


Sobre mim

Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. Este blog é muito biográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver.