Segredos do envelhecimento masculino

sarcopeniaSegredos do envelhecimento masculino

Questões como a decadência física que ocorre com o passar dos anos sempre assombraram a mente humana e, para explicá-las uma vilã foi identificada: a falta de testosterona, que seria responsável pela fragilização física, perda da memória, redução da potência sexual, depressão e descalcificação óssea. Em consequência, um consumo avassalador testosterona espalhou-se pelo mundo.

Apesar das expectativas incontidas, a ciência médica não se mostrou tão amistosa com os adoradores da teoria. Estudos recentes concluíram que a decadência pela idade resulta de um conjunto de fatores, como deficiência de vários hormônios e não apenas da testosterona, estilo de vida desarmônico, poluição ambiental e ação debilitadora de doenças da idade, como obstrução dos vasos sanguíneos, diabetes, hipertensão, obesidade etc.

Essa concepção explicou porque homens que receberam testosterona para reverter a senescência não se beneficiaram claramente. Alguns doentes apresentaram aumento da disposição, da força muscular e da libido. Contudo, muitos deles apresentaram efeitos tóxicos atribuídos a tratamento exagerado, como crescimento dos mamilos, problemas com o fígado, apneia do sono e aumento da fração ruim do colesterol, o LDL. Além da disseminação rápida de um câncer já existente na próstata. Pior, até onde apurei, ninguém viveu mais com o tratamento

Vale aqui lembrar a pesquisa realizada no Havaí com homens idosos observados por 12 anos. O número de mortes nos indivíduos que caminhavam mais de duas milhas por dia foi 50% menor do que naqueles que caminhavam menos de uma milha. Por isto, enquanto os doutores não chegam a um consenso, recomendo a todos os homens que se exercitem bastante e bebam bastante vinho. Não garanto que irão evitar a senescência, mas certamente atravessarão os anos da maturidade mais ágeis e mais alegres.

Veja

Dr. Miguel Slougi

 

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo