Tirolez sugere tábua de queijos para saborear e torcer pelo Brasil

 

0.jpg

Práticos e saborosos, os queijos são uma excelente opção para petiscos durante os jogos da Copa do Mundo

A Copa está começando e todos estão ansiosos para a assistir aos jogos. Ver as seleções, em especial a Seleção Brasileira, é sem dúvida, uma oportunidade incrível para juntar os amigos e organizar uma reunião alegre e descontraída.

Para acompanhar o jogo de forma saborosa, a Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País, sugere a combinação de queijos com frutas secas e frescas para proporcionar uma degustação interessante e comemorar em grande estilo.

Para montar uma boa tábua de queijos Tirolez, escolha, no mínimo, 3 opções com texturas e sabores diferentes. O Gorgonzola Tirolez, de sabor mais intenso e picante, vai bem acompanhado de uvas verdes e mel. O Gouda Tirolez, mais adocicado, fica excelente com damasco e nozes. Já o Parmesão Tirolez, de sabor marcante e textura quebradiça, devido à presença dos cristais de tirosina que se acumulam durante a maturação e proporcionam uma explosão de sabor, pode ser servido em lascas. Uma dica importante para evitar o desperdício é calcular, em média, 100g de queijo por convidado. Veja a sugestão da Tirolez para um menu de Queijos & Frutas para 6 pessoas:

Queijos

200g de Gouda Tirolez

200 g de Parmesão Tirolez

200g de Gorgonzola Tirolez

Acompanhamentos

2 cachos de uva Itália

1 pote de Mel

200g de damascos secos

150g de amêndoas

200g de nozes

250g de pistache com casca

Divulgacão

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo