Richard “King” Williams, razão do sucesso e longevidade de Venus e Serena

Autor(a):

Miami (EUA) – A longevidade de Venus e Serena Williams no tênis e o sucesso do filme biográfico “King Richard”, com seis indicações ao Oscar, foram temas de uma longa entrevista para a revista norte-americana Harper’s Bazaar. As irmãs Williams falaram sobre as razões pelas quais conseguem se manter no circuito profissional por mais de duas décadas e do quanto a relação com o pai, Richard Williams, é importante para que elas sigam em atividade.

Serena explica: “Todo mundo fica tipo: ‘Como você joga tênis por tanto tempo?’ É porque não fomos criadas em um ambiente onde era algo que abominávamos. Muitas pessoas entendem essa história dos pais no tênis, que são realmente autoritários. E esse não era necessariamente meu pai”.

A vencedora de 23 títulos de Grand Slam conta ainda que reluta em contar ao pai sobre os lesões porque ele insistia que ela descansasse. “Ele sempre diz: ‘Não se apresse. Você ficará bem. Não jogue’. E o meu pai sempre nos disse para planejar as coisas com antecedência. Se você falha em planejar, você planeja falhar”.

As irmãs aplicam essa prática não apenas ao tênis. “Nós nunca planejamos apenas jogar tênis e ser apenas tenistas. Nós planejamos fazer mais”, comenta Serena. Além de todas as conquistas dentro de quadra, ela e Venus têm várias linhas de moda, uma empresa de capital de risco e uma empresa de design de interiores. “Desde muito jovens, tudo o que fizemos foi trabalhar”, diz Venus. “Para Serena e eu explorar essa liberdade hoje é surreal”.

Atualmente, Venus é quem assume os principais planos da família. “Sou uma planejadora inacreditável. Geralmente planejo os retiros de saúde. Sempre estivemos focadas na saúde”, diz a jogadora de 41 anos. “Quando comecei a ter problemas com minha saúde em 2011, toda a minha família, do meu pai para baixo, se uniu para viver um estilo de vida mais natural. O apoio está sempre presente”.

Por conta das recentes lesões, as ex-líderes do ranking perderam muitas posições nos últimos meses. Serena, de 40 anos, ocupa atualmente o 242º lugar e está sem jogar desde Wimbledon no ano passado. Venus, que disputou poucos torneios e não atua desde agosto de 2021, em Chicago, é hoje a 466ª colocada. Mas as posições pouco interferem nos planos das jogadoras. Até porque, podem receber convites para quaisquer torneios que desejarem disputar quando estiverem em condições de entrar em quadra.

As tenistas também falaram sobre o filme lançado no fim do ano passado. A produção dirigida por Reinaldo Marcus Green retrata os primeiros passos de Serena e Venus no tênis e os planos ambiciosos que Richard Williams traçou para as filhas desde quando elas eram crianças e jogavam nas quadras públicas de Compton, na Califórnia. “Acho que as pessoas nem imaginam no que aconteceu antes de nos tornarmos profissionais”, diz Venus. “Este não é um filme sobre tênis, é um filme sobre a família”, acrescenta Serena.

Além de Serena e Vênus, a família incluía Yetunde, Lyndrea e Isha Price, filhas de um casamento anterior de Oracene Price, mãe das tenistas. A filha mais velha, Yetunde, foi assassinada em um tiroteio em Compton no ano de 2003. Quando Serena mostrou o filme para sua filha de quatro anos, Olympia, ela disse: “Nós nos certificamos de tirar as coisas que não eram para crianças”, mas ela ficou surpresa ao ouvir Olympia falar ‘Tunde’: “Ela nunca conheceu minha irmã mais velha, mas entende que Tunde não está por perto. Isso foi interessante para mim de uma maneira triste, mas ela pelo menos a conhece um pouco melhor”.

ttp://harpersbazaar.com/origin-story

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *