“Sabemos que as vacinas são muito eficazes, mas não são 100% eficazes. Não é surpreendente que se tenha episódios de pessoas vacinadas e que adoecem e quando aumenta a incidência da doença começamos a encontrar mais destes episódios”, disse Ricardo…