Vantagens em contratar o profissional sênior

 

Boa vontade das pessoas com os idosos simpáticos
Todo mundo gosta e se sente bem convivendo com um idoso simpático. “Colocar um idoso para trabalhar no atendimento ao consumidor, por exemplo, pode despertar uma simpatia no cliente, o que se torna algo proveitoso para uma série de questões de relacionamentos que a organização enfrenta em seu dia a dia. Afinal, o sorriso de um vovozinho ou de uma vovozinha encanta qualquer um”, brinca.

Experiência de vida
“É inegável dizer que eles já passaram por ‘poucas e boas’, e que têm visão de mundo em funções nas quais, certamente, essa maturidade é importante. Principalmente em relação aos jovens que tiveram que se esforçar um pouco menos por ter o amparo dos pais”, explica.

Maturidade emocional
Segundo Vizeu, a juventude, geralmente, tem pouco controle emocional, justamente por ter tido poucas vivências afetivas. “É comum ver jovens no ambiente de trabalho desafiando a chefia e sendo pouco resilientes. Em grande parte, essa postura se deve à imaturidade e à falta de experiência em lidar com pessoas, que é uma das habilidades que um idoso mais tem”, pontua.

Menor necessidade de conquistas financeiras
Para Vizeu, em determinados cargos, nos quais não há muita possibilidade de crescimento, é interessante preenchê-los com pessoas mais maduras, pois os jovens querem constituir uma família, comprar casa, carro, viajar e pagar estudos, por exemplo. “Os idosos não têm tanta necessidade de ganhos financeiros pois, em sua maioria, já alcançaram essas conquistas e não possuem a ansiedade de crescimento na empresa”, salienta.

Paciência com trabalhos repetitivos
“Os idosos são mais acostumados com trabalhos ‘monótonos’ do que os jovens, pois foram criados no conceito do trabalho massificado. São mais habituados a seguir uma rotina de trabalhos repetitivos e, consequentemente, mais tolerantes para realizar esse tipo de tarefa”, comenta.

Boa vontade das pessoas com os idosos
Todo mundo gosta e se sente bem convivendo com um idoso simpático. “Colocar um idoso para trabalhar no atendimento ao consumidor, por exemplo, pode despertar uma simpatia no cliente, o que se torna algo proveitoso para uma série de questões de relacionamentos que a organização enfrenta em seu dia a dia. Afinal, o sorriso de um vovozinho ou de uma vovozinha encanta qualquer um”, brinca.

Compacto de conteúdo do Paraná Portal

E ainda:

  • Experiência profissional somada à experiência de vida.
  • Responsabilidade Social.
  • Comprometimento.
  • Disponibilidade de horário.
  • Criar programas de inclusão.
  • Implementar um processo de onboarding.

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo