20 Passos para o Envelhecimento Ativo

 

1.Envelhecimento Ativo é …

… ter uma agenda.

2.Envelhecimento Ativo também é …
… ter o que colocar na agenda.

3. Envelhecimento Ativo é …
… começar a coisa grandiosa que está esperando
acontecer.

4.Envelhecer Ativo é …
… treinar sua atenção.

5. Envelhecimento Ativo é …
… inventar o seu Envelhecer.

6. Envelheccimento Ativo é …
… aprender mesmo sem motivo.

7. Envelhecimento Ativo é …
… desenvolver um coração sábio.

8. Envelhecimento Ativo é …
recomeçar todo o dia (para o Bem).

9. Envelhecimento Ativo é …
aceitar as mudanças, inclusive as sociais.

10.Envelhecimento Ativo é …
… ter fé; “que a fé não costuma falhar”

11. Envelhecimento Ativo é ……
descomplicar a vida.

12.Envelhecimento Ativo é …
… renovar sua provisão de sonhos.

13. Envelhecimento Ativo é …
… manter viva a esperança.

14.Envelhecimento Ativo é …
… desenvolver um coração sábio.

15. Envelhecimento Ativo é …
… rir sozinha/sozinho de suas gafes.

16. Envelhecimento Ativo é …
… diferenciar desejo de necessidade.

17. Envelhecimento Ativo é …
… saber que não temos mais todo o tempo do mundo.

18. Envelhecimento Ativo é …
… saber que a beleza é a soma da sua aparência com seu eu interior.

19.Envelhecimento Ativo é …
… saber que para ter as borboletas precisa conhecer as antes lagartas.

20. Envelhecimento Ativo é …
… ter um projeto para um ócio criativo.

Thereza Christina Jorge. editora 


O que é

“O envelhecimento ativo aplica-se tanto a indivíduos quanto a grupos populacionais. Permite que as pessoas percebam o seu potencial para o bem-estar físico, social e mental ao longo do curso da vida, e que essas pessoas participem da sociedade de acordo com suas necessidades, desejos e capacidades; ao mesmo tempo, propicia proteção, segurança e cuidados adequados, quando necessários. 

A palavra “ativo” refere-se à participação contínua nas questões sociais, econômicas, culturais, espirituais e civis, e não somente à capacidade de estar fisicamente ativo ou de fazer parte da força de trabalho. As pessoas mais velhas que se aposentam e aquelas que apresentam alguma doença ou vivem com alguma necessidade especial podem continuar a contribuir ativamente para seus familiares, companheiros, comunidades e países. 

O objetivo do envelhecimento ativo é aumentar a expectativa de uma vida saudável e a qualidade de vida para todas as pessoas que estão envelhecendo, inclusive as que são frágeis, fisicamente incapacitadas e que requerem cuidados. O termo “saúde” refere-se ao bem-estar físico, mental e social, como definido pela Organização Mundial da Saúde. Por isso, em um projeto de envelhecimento ativo, as políticas e programas que promovem saúde mental e relações sociais são tão importantes quanto aquelas que melhoram as condições físicas de saúde. 

Manter a autonomia e independência durante o processo de envelhecimento é uma meta fundamental para indivíduos e governantes .

Além disto, o envelhecimento ocorre dentro de um contexto que envolve outras pessoas – amigos, colegas de trabalho, vizinhos e membros da família. 

Esta é a razão pela qual interdependência e solidariedade entre gerações (uma via de mão-dupla, com indivíduos jovens e velhos, onde se dá e se recebe) são princípios relevantes para o envelhecimento ativo. A criança de ontem é o adulto de hoje e o avô ou avó de amanhã. 

A qualidade de vida que as pessoas terão quando avós depende não só dos riscos e oportunidades que experimentarem durante a vida, mas também da maneira como as gerações posteriores irão oferecer ajuda e apoio mútuos, quando necessário.”

Fonte: UFRGS. A UFRGS disponibiliza um documento bastante interessante e profundo no seu site.

Thereza Christina Pereira Jorge

Iniciamos com Viva com Beleza Envelhecimento Ativo há 10 anos. E estamos aprendendo a Arte de Envelhecer, e que Arte difícil! O site trata da descoberta do meu Envelhecimento Ativo. Consultoria em Envelhecimento Ativo [email protected] Meu nome é Thereza Christina Pereira Jorge, sou carioca, mãe de dois filhos, jornalista. Estudo há sete anos e Envelhecimento Ativo e escrevo sobre isso. Primeiro no blogue Viva com Beleza e agora no site Arte de Envelhecer. Fui repórter-editora nos jornais O Globo e sucursal Rio de O Estado de São Paulo. Trabalhei nas revistas femininas da Editora Bloch e na revista Isto É, também na sucursal. Sou formada em Ciências Sociais pela UFRJ. O site _ https://www.artedeenvelhecer.com.br _ é muito autobiográfico porque estou descobrindo e praticando o que a OMS definiu como Envelhecimento Ativo. Amo a vida e o viver. Tenho apreciado (às vezes) o meu envelhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo