Ele dá aula para 1 milhão de alunos, idosos e idosas, no YouTube

Autor(a):

Há quase vinte anos, o educador físico Aurélio Alfieri gravou um vídeo amador enquanto dava uma aula de alongamento na academia. A ideia era apenas registrar os movimentos, para análise posterior. Outros vídeos foram gravados e postados na internet sem grande pretensão. Os vídeos caseiros e de pouca qualidade foram os primeiros passos de Aurélio em uma longa caminhada que o transformou em produtor de conteúdo e criador do maior canal de exercícios para idosos das Américas.

O trabalho digital de Aurélio, porém, só começou efetivamente em 2016, e ainda sem a intenção de produzir conteúdo. “Eu comecei a publicar três vídeos por semana de maneira ininterrupta. Como eu não sabia qual vídeo ia dar certo, eu falava sobre atividade física e saúde para qualquer pessoa.”

Ainda que não tivesse um nicho específico, o canal conseguiu ter um bom alcance. Em 2018, ele tinha mais de 200 mil inscritos. Mas ao postar um vídeo direcionado aos idosos, o youtuber percebeu que podia atingir ainda mais pessoas. “Eu postei um vídeo e viralizou. Fiz outros vídeos de exercícios de academia, de corrida, e nenhum viralizou. Então, fiz mais um voltado a idosos e viralizou de novo. Pensei que era sorte”. Aurélio, então, resolveu fazer mais um teste, dessa vez definitivo. “Decidi fazer uma semana inteira de vídeos voltados para idosos e novamente tive um ótimo engajamento”, disse.

Aurélio Alfieri e sua placa de 1 milhão de inscritos: youtuber encontrou na melhor idade um público ávido por informação.
A partir disso, ele passou a direcionar seu trabalho às pessoas com mais de 50 anos, mesmo tendo o risco de não atender o público que ele havia construído até então. A aposta deu certo e atualmente o canal conta com 1,1 milhão de inscritos. “É um público carente de informação. Aurélio conta que dispõe de uma área privativa em que ele aplica as aulas ao vivo por videochamada.”

Recentemente, o curitibano se aventurou também com a produção de seu primeiro livro “Manual prático para ser jovem por mais tempo: a roda da juventude”. A publicação, embora seja focada aos idosos, tem o intuito de ajudar pessoas de qualquer faixa etária a ter uma vida mais saudável e menos sedentária.

Aurélio separou cinco dicas importantes para manter a vitalidade e a juventude

1. Caminhe pelo menos 30 minutos por dia

A caminhada diária, além de afastar o sedentarismo, beneficia a capacidade cardíaca e respiratória, melhora o equilíbrio, contribui com o emagrecimento e estimula o cérebro.

2. Alongue-se todos os dias

O alongamento ajuda a manter a flexibilidade do corpo. Um corpo sem flexibilidade perde mobilidade, força, equilíbrio, além de ser mais propenso a dores e a uma piora na postura.

3. Prefira alimentos mais saudáveis

Comer bem é um desafio e tanto. A recomendação é garantir uma alimentação equilibrada que forneça os nutrientes necessários, entre proteínas, carboidratos, lipídios e, claro, a água.

4. Cuide do seu sono

Dormir bem ajuda no controle do peso, melhora o humor, diminui a ansiedade e o estresse, além de contribuir com o sistema imunológico.

5. Busque aliados que te ajudem nos hábitos saudáveis

Nada melhor do que um amigo ou uma pessoa de confiança por perto para lhe ajudar em um propósito. Cerque-se de pessoas otimistas, confiantes e inspiradoras.

Compacto de conteúdo da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *